A internet como fator decisório para contratação de serviços

O cliente só vai sanar a sua dor se você for o remédio certo para ele naquele instante.

KATIÚSSA BITENCOURT


Você já deve estar cansado de ouvir falar que quem não estiver com atuação no mundo digital, irá perder totalmente a visibilidade em 5 anos, não é?

Com a facilidade de ter o mundo na palma da mão e o poder de compra em apenas alguns cliques, fica fácil perceber que a revolução tecnológica não vai parar. Pelo contrário, você que deve adequar-se a ela.

Atuando a cerca de 2 anos com advogados, o marketing jurídico é uma prova viva que até classes tradicionais e conservadoras estão se adequando a essa realidade. Imagine você que os advogados estão conseguindo atuar de maneira 100% digital, ultrapassando barreiras geográficas e conquistando a clientela pela internet. O envio de documentos? Todo digital. Um ganho para a sociedade que acaba tendo mais acesso à informação.

Lógico, ainda existe um preconceito no mundo jurídico no olhar dos mais antigos. Porém, é preciso estar atento que ao surgir um problema o cliente vai primeiro buscar suas referências no "Google", buscar entender o seu trabalho e se você realmente tem conhecimento sobre o tema.

Toda a decisão final de contratação do seu serviço começa acontecer na internet, só depois disso é feito um contato mais direto e a contratação. Se você tem alguma dúvida se deve ou não se posicionar e iniciar a sua atuação no marketing digital eu espero quebrar essa sua objeção ao longo dos conteúdos que abordarei aqui no blog.

Estar na rede é sobrevivência, é oportunidade de negócio.

Vamos começar?
Solicite um orçamento